Pequenos traumas e grandes limitações

Se você já viveu um acontecimento traumático sabe como é: inesperado e dramático, nos sentimos sozinhos no mundo e sem ter a mínima ideia do que fazer a respeito. O corpo também responde ao trauma redirecionando o sangue para onde é mais necessário, liberando hormônios, se preparando para correr, lutar ou travar, o estômago fica apertado, a visão fica mais aguçada, as mãos ficam geladas. Sentimos a vida em perigo real ou, no mínimo, ameaçada. A intensidade das reações pode

Leia mais

Site Footer

Sliding Sidebar

ROSANE SAMPAIO

ROSANE SAMPAIO

Especialista em coaching pessoal, profissional, executivo e de equipes. Palestrante, analista comportamental e hipnoterapeuta, com qualificação de practitioner em Programação Neurolinguística.