É permitido dizer “não”

Você consegue falar ‘NÃO’ quando o que te pedem está muito exagerado, quando está em oposição com seus valores pessoais, quando é algo claramente abusivo? Você tem medo de falar ‘NÃO’ para seu chefe, seus pais, seus filhos, como se suas negativas fossem ofendê-los? O que te impede de dizer ‘NÃO’ quando seus amigos ou parentes pedem dinheiro, o carro emprestado, o apartamento da praia todo final de semana no verão, esteja você lá ou não?

Aprender a lidar com respostas negativas faz parte de aprender a viver. No dia a dia, ninguém recebe ‘SIM’ a todos os pedidos. E nem deve, aliás. Um mundo sem ‘NÃOs’ é um mundo sem regras, sem limites.

Porém, muitos de nós fomos criados aceitando a autoridade sem questionamento. Existia um castigo por não atender ao que era pedido. Ou seja, nos acostumamos a fazer o que nos pedem (ou seria mandam?) mesmo que isso seja contra aquilo que entendemos como correto. E ficamos mesmo com vergonha de sermos vistos como egoístas porque não nos esforçamos para fazer as vontades de pessoas que nem sempre se preocupam com nosso bem-estar.

Em algumas situações realmente fica mais difícil dizer não. Como em nosso ambiente de trabalho, quando é solicitado algum trabalho fora do nosso escopo normal ou do nosso horário normal. Nesse caso, é preciso se conhecer e conhecer as pessoas da sua equipe para entender quando o pedido extrapolou e quando, muito pelo contrário, estamos sendo desafiados a fazer o nosso melhor. Isso é inteligência emocional que as organizações querem cada vez mais dos seus colaboradores.

Mas o que poderia ajudar a encarar o desafio de dizer ‘NÃO’ para pessoas que estão acostumadas que você faça todos os sacrifícios necessários para atendê-los? O principal é entender seus valores pessoais e como você exerce esses valores. Um valor pessoal é tudo aquilo que é muito importante para você, por exemplo: família, segurança financeira, liberdade, saúde…

Defina quais são os 5 mais importantes (estabeleça uma ordem de importância) e depois pense em como você mostra ao mundo esse valor, mas principalmente defina até onde um dos seus valores está interferindo em outro até mais importante.

Explicando melhor: digamos que segurança financeira e saúde sejam 2 dos seus valores principais, e para conseguir mais segurança você está trabalhando 14 horas por dia — sem lazer, fazendo um trabalho que nem gosta. Então você está deixando de lado um valor (saúde), em detrimento de outro (segurança financeira). Todos seus valores principais vão interagir uns com os outros e a busca de u ponto de equilíbrio é o desafio.

Que uma coisa fique clara: está liberado dizer ‘NÃO’. Você pode dizer ‘não’ sem culpa, sem medo, sem ter que se justificar e sofrer por isso. Mas esse ‘não’ só tem que ser coerente com seus valores e crenças. Qualquer frustração que uma pessoa possa sentir por sua negativa vai passar e pode até ser positivo para uma relação (seja amorosa, de trabalho, social, etc.)

Faça mais do que te faz feliz e aprenda a dizer ‘não’ ao que não te faz bem ou não te deixa confortável. Cuide também de si mesmo: afinal, você só será capaz de ajudar as pessoas que ama se você mesmo estiver bem. 😉

42 comments On É permitido dizer “não”

Comments are closed.

Site Footer

Sliding Sidebar

ROSANE SAMPAIO

ROSANE SAMPAIO

Especialista em coaching pessoal, profissional, executivo e de equipes. Palestrante, analista comportamental e hipnoterapeuta, com qualificação de practitioner em Programação Neurolinguística.