Comportamentos: melhore seus relacionamentos

Sempre que atendo um novo cliente fico impressionada com a diversidade de histórias, experiências e maneiras de processar internamente situações positivas ou negativas. Tenho a impressão de que somos como estrelas do universo. A riqueza das personalidades, mesmo em situações semelhantes, gera comportamentos e crenças diferentes, principalmente nos relacionamentos.

comportamentos

Mesmo diante das diferenças, estamos em busca de novas interações e relações pessoais ou do aprimoramento das atuais. Somos seres gregários, é natural que, até mesmo pessoas que gostam de certa solidão, busquem os amigos e a família em situações de necessidade. São raras as pessoas que não reclamam de algum relacionamento conflitante, seja no trabalho, em casa ou com pessoas próximas.

Muitas vezes sou procurada por clientes com o intuito de mudar comportamentos, superar um estado emocional, aprender sobre crenças limitantes, montar um plano para alcançar uma meta. Em algum momento do processo, acaba surgindo a necessidade de melhorar algum relacionamento. Isso pode acontecer logo nas primeiras sessões, quando aplico a técnica da Roda da Vida, ou pode ser um processo mais lento. Entenda que o coaching, a PNL ou a hipnoterapia são processos que afetam um todo.

Um dos pressupostos da PNL diz que somos parte de vários sistemas (casamento, família, trabalho, sociedade…), logo, qualquer mudança pessoal pode impactar em alguma dessas partes. Lembre-se: o subconsciente tende a sabotar o que é incoerente com nossas crenças e valores. Se for importante para o cliente permanecer no casamento, por exemplo, é necessário entender em que sentido as mudanças pessoais e os comportamentos podem beneficiar este âmbito.

E quando um relacionamento já está em conflito? Alguns clientes me procuram com a certeza de que não existem mais soluções. Também cogitam o afastamento ou a ideia de “suportar” a situação, muitas vezes tentando evitar ao máximo a convivência. Nesses casos, costumo aplicar uma técnica de John Grinder, Judith Delozier e Robert Dilts para melhorar a convivência por meio do estimulo à empatia. Além do mais, essa técnica gera insights que aperfeiçoam o relacionamento com soluções práticas. Basicamente, consiste em colocar o cliente em diferentes posições de percepção:

  • Você;
  • O outro;
  • Um observador externo (pense em um vizinho ou terapeuta);
  • O sistema (família, trabalho, etc.).

Separe uma cadeira ou espaços diferentes no chão para cada posição. Faça a seguinte pergunta: como percebo a situação e o contexto desse ponto de vista?

Terminando, pergunte-se sobre o que aprendeu e o que só você pode mudar para gerar melhorias no relacionamento. Se preferir, assista ao vídeo e siga as instruções para colocar em prática essa técnica transformadora:

1 comments On Comportamentos: melhore seus relacionamentos

Comments are closed.

Site Footer

Sliding Sidebar

ROSANE SAMPAIO

ROSANE SAMPAIO

Especialista em coaching pessoal, profissional, executivo e de equipes. Palestrante, analista comportamental e hipnoterapeuta, com qualificação de practitioner em Programação Neurolinguística.