Medo: como lidar e entender essa sensação?

Aprenda como lidar quando o medo chegar

Medo é uma sensação complicada que causa vontade de desistir dos sonhos, objetivos ou pessoas importantes. Muitas vezes é só uma sensação, já em outras, sabemos exatamente do que temos medo. E não estou falando de fobias ou pânico, mas do receio que surge quando é necessário arriscar, seja em um novo relacionamento, emprego ou uma experiência não usual.

O Processo

O medo natural, ( aquele que todos têm desde o nascimento) se dá em situações relacionadas a sobrevivência, como por exemplo, o medo de cair e de barulho. Todos os outros são aprendidos desde a infância através do que se ouve de outras pessoas, meios de comunicação ou experiências vividas com muita emoção.

No processo de aprendizado que se inicia na infância, é criado um processo mental e físico interno do que se entende como medo. Mas existem duas questões por aí: Será que o seu processo é igual ao das outras pessoas? E mais um detalhe: Se é natural do ser humano criar esse processo, não seria natural ter a capacidade de desconstruí-lo ou ajusta-lo para algo melhor e mais saudável?

Começar a entender esse processo como algo que pode ser alterado é imprescindível, pois sempre que damos um nome a uma série de reações, sintomas físicos e mentais, assumimos este “pacote” como imutável. Quando falamos “meu medo” ou “ minha ansiedade”, por exemplo, estamos abraçando esses pacotes. Então, a primeira dica é mudar a maneira de falar, usando algo como “esse processo que estou desmontando”. Pode parecer pouco importante, mas esse é o começo da indicação ao subconsciente de que a situação pode ser reconstruída.

Questionando o medo

  • O que o medo estaria alertando se ele fosse um alarme?
  • O que esta sensação que estou sentindo quer fazer de bom por mim?

    A partir disso, dá para começar a ficar atento aos primeiros sinais de medo e continuar se questionando da seguinte maneira:

  • O que esta sensação quer fazer de bom?
  • O que desencadeia: são imagens mentais, imagens vistas na TV ou lembranças de sentimentos antigos?
  • Em algum momento você fala consigo mesmo sobre essas imagens, sensações e chega a conclusões que amplificam as imagens e sensações?

    Anotar tudo isso e se programar para observar o processo começando para conseguir impedir que ele continue, é uma das formas mais eficientes de superar o que é limitante.

    Existem sempre escolhas do que fazer com essas sensações. O medo pode ser paralisante ou estimulante, como acontece com quem salta de paraquedas. O estresse pode ser positivo, se não for em excesso. A ansiedade pode ser uma sensação de expectativa e é até gostosa quando se espera algo bom. Então, que tal colocar o foco no aspecto positivo de cada um desses sentimentos e viver a vida muito melhor?

 

1 comments On Medo: como lidar e entender essa sensação?

Comments are closed.

Site Footer

Sliding Sidebar

ROSANE SAMPAIO

ROSANE SAMPAIO

Especialista em coaching pessoal, profissional, executivo e de equipes. Palestrante, analista comportamental e hipnoterapeuta, com qualificação de practitioner em Programação Neurolinguística.