Perdoar é o primeiro passo para um ano novo melhor.

Perdoar. A melhor coisa para fazer no final do ano.

Nos finais de ano sempre penso como é interessante a existência de um ciclo anual que gera a percepção de um recomeço a cada 12 meses, com novas esperanças, vontade de perdoar, dando chance a novas resoluções e também gerando um olhar para trás em busca das aprendizagens. Como se a natureza nos fornecesse um gatilho automático para consolidar os últimos 12 meses.

E, na sequência, relembro como é importante entrar nesse novo ano livre de velhos pensamentos que nos limitam, mesmo que seja um único pensamento ou crença negativa. Nesse sentido, um dos pensamentos mais limitantes é o ressentimento em relação a outras pessoas e a si mesmo. Perdoar é preciso!

rosane sampaio coaching pnl

O que significa perdoar?

Entretanto, é bom definirmos que perdoar não significa exatamente esquecer, não quer dizer que você irá se tornar o melhor amigo daquela pessoa que lhe magoou, mas que você encontrará liberdade em relação a esse sentimento que é desgastante e triste. Perdoar significa se sentir livre daquela pessoa ou situação, se permitir ir em frente, aprender com o que aconteceu e, consequentemente, ter comportamentos e sentimentos mais saudáveis. E, se um desses comportamentos for se afastar, está tudo certo.

A PNL pode ajudar na hora de perdoar.

Existem inúmeras técnicas para o perdão e auto-perdão, mas o diferencial da Programação Neurolinguística é a percepção e utilização das capacidades ou habilidades que faltaram àquela pessoa que gera o ressentimento ou raiva:

  1. Visualize a situação que provocou o ressentimento como se acontecesse em uma tela de cinema e você estivesse assistindo esse filme. E, como se analisando o personagem, avalie o que era importante para aquela pessoa quando ela agiu como agiu e também quais as limitações dela. Quais as habilidades pessoais ela precisaria ter para agir de maneira mais saudável? Pode ser compaixão, autoestima, empatia ou qualquer outra.
  2. Relembre situações de vida quando você tem essa habilidade. Acredite que todos temos todas habilidades necessárias consciente ou inconscientemente dentro de nós.
  3. Volte a situação original e imagine a pessoa agindo com essas habilidades que você percebeu que faltaram. O comportamento dela seria diferente?
  4. Relembre um momento em que você já perdoou alguém e imbuído dessa sensação afirme internamente que perdoa a pessoa que te magoou.

rosane sampaio coaching pnl

Não deixe a raiva limitar sua vida.

Toda essa visualização objetiva dar a mente outras possibilidades de significado para a situação nas quais você se sente melhor e, diante dessa opção, a mente faz a escolha mais positiva. Essa técnica pode ser utilizada perfeitamente para perdoar a si mesmo.

Muitas vezes reagimos automaticamente, inconscientemente, e magoamos outros ou mesmo nos colocamos em situações que depois nos arrependemos. O sentimento de culpa que fica pode ser extremamente limitante, boicotando atitudes e comportamentos saudáveis e mesmo diminuindo a autoestima.

Vamos, então, retirar essa carga de nossos ombros e começar o ano cheios de energia e alegria? 🙂

15 comments On Perdoar é o primeiro passo para um ano novo melhor.

Comments are closed.

Site Footer

Sliding Sidebar

ROSANE SAMPAIO

ROSANE SAMPAIO

Especialista em coaching pessoal, profissional, executivo e de equipes. Palestrante, analista comportamental e hipnoterapeuta, com qualificação de practitioner em Programação Neurolinguística.