Ansiedade: a PNL ajuda você a lidar com ela.

Época de ansiedade

Ansiedade é uma reclamação quase unanime entre os meus clientes. Não importa o que os trazem, em algum momento surge a questão, seja como uma reclamação a respeito do trabalho, seja como uma desculpa para comportamentos que a própria pessoa gostaria de mudar. O mais interessante é a sensação de inevitabilidade que todos têm a respeito da ansiedade, a sensação de que aquilo não pode ser mudado, um efeito colateral dos dias atuais com o qual todos tem que conviver!

O que é ansiedade para você?

Bem, quando o assunto surge minha primeira pergunta é: o que é ansiedade para você? Interessante que a resposta muda de pessoa para pessoa, embora possamos encontrar nos dicionários uma definição única, e isso acontece porque definimos a partir do nosso mapa mental, nossas crenças e experiências. E essa clareza de definição individual é muito importante para as técnicas que a Programação Neurolinguistica usa para superar esse estado que o cliente define como ansiedade.

Eu sempre escrevo aqui que os comportamentos, crenças e reações limitantes atendem a uma necessidade importante para nós, é o que a PNL chama de intenção positiva. Então, a primeira etapa é entender o que sentir ansiedade está fazendo pelo cliente e, com isso definido, encontrar maneiras mais saudáveis de atender essa necessidade.

ansiedade rosane sampaio coaching

Por que sentimos ansiedade?

A mente, quando apresentada a uma variedade de opções melhores e mais saudáveis, tende a encontrar aquela que mais atende as nossas necessidades. É como encontrar uma estrada melhor, no começo temos que pensar em ir por ela, mas rapidamente se torna nosso caminho preferencial.

Vou dar um exemplo: digamos que, para alguns, a ansiedade deixa a pessoa mais alerta, e dessa maneira ela se sente protegida de erros e, consequentemente segurança em relação a garantir seu emprego. Então, a intenção positiva da ansiedade é sentir segurança! E a questão seguinte é de que outras maneiras mais saudáveis ela pode encontrar de se sentir segura no ambiente de trabalho, o que ela pode fazer para estar mais protegida do que considera erros.

Ansiedade e a fisiologia

Outra maneira de quebrar esse estado de ansiedade é buscando ajuda na fisiologia, que é como o corpo reage ao nosso estado emocional. Precisamos entender que nossos estados, sentimentos e emoções são criados por como nosso corpo está, o que falamos, onde está nosso pensamento e quais são nossas crenças.

Podemos observar mais claramente essa participação da fisiologia quando sentimos emoções fortes, quando até descrevemos usando termos como “aperto no peito” para uma sensação de opressão ou “explodindo de felicidade” para uma sensação de expansão que sentimos quando muito felizes. E quando conscientemente descontruímos essa sensação física automaticamente nos sentimos melhor e conseguimos pensar de uma maneira mais clara.

No vídeo, você pode entender melhor como isso funciona e até experimentar o processo!


Então, que tal encontrar novos caminhos para se sentir bem e tranquilo? 😀

42 comments On Ansiedade: a PNL ajuda você a lidar com ela.

Comments are closed.

Site Footer

Sliding Sidebar

ROSANE SAMPAIO

ROSANE SAMPAIO

Especialista em coaching pessoal, profissional, executivo e de equipes. Palestrante, analista comportamental e hipnoterapeuta, com qualificação de practitioner em Programação Neurolinguística.